Greve

Termina sem acordo reunião entre Metroviários e Metrô, por falta de habilidade do governo, diz superintendente

“Não houve acordo”. Esta foi a fala do secretário de Transportes Metropolitanos Jurandir Fernandes após sair de reunião com sindicalistas na Superintendência Regional do Trabalho. O secretário que antes tinha dito que não negociaria, foi a negociação e não deu detalhes sobre a reunião.

Falta de Habilidade do Govervo

Quem intermediou a reunião foi o superintendente do Ministério do Trabalho em São Paulo, Luiz Antonio de Medeiros. Medeiro lamentou o fato de o encontro terminar sem acordo. Segundo ele, o presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, aceitou a readmissão de 42 funcionários. Mas Geraldo Alckmin teria declinado e mantido as demissões. “O palácio, porém, disse não. Para a decepção geral.” informou o portal G1. Segundo ainda o portal, Medeiros disse que tinha certeza que a greve terminaria hoje, mas que, na visão dele, faltou habilidade para o governo na negociação.

A fala do sindicato

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metroviários, Altino Melo dos Prazeres, a intenção da categoria era encerrar a greve muito antes. “Poderíamos chegar a um acordo hoje se as demissões fossem negociadas”, disse. A continuação ou o fim da greve vai ser votado ainda hoje, na sede do sindicato

greve-metro-sp-20140605-03-size-598

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios