Ciclista

França dará incentivo financeiro para trabalhador usar a bicicleta como meio de deslocamento

No Brasil, o trabalhador que decidir se deslocar de casa ao trabalha por meio da bicicleta, e tiver como benefício o vale transporte, pode ser até demitido por justa causa, de acordo com o Artigo 482 da CLT, pelo uso indevido do passe.

Uma notícia que vem da França mostra que nosso país esta longe no incentivo das praticas sustentareis. A França iniciou um projeto experimental que deve durar seis meses, onde serão concedidos incentivos para pessoas que forem de bicicleta ao trabalho. A pratica já e adotada em outros governos europeus, pensando na melhora da saúde da população e redução dos níveis de poluição do ar e o consumo de combustíveis, tais como a Holanda, Dinamarca, Alemanha, Bélgica e Grã-Bretanha. Estes incentivos vão da redução de impostos, pagamentos por quilômetro e apoio financeiro na compra das magrelas.

Na França, cerca de 20 empresas somando 10.000 funcionários, se comprometeram a pagar aos empregados 25 centavos de euro (34 centavos de dólar) por quilômetro percorrido com a bike.

Segundo O ministro dos Transportes francês, Frédéric Cuvillier, é esperado que o sistema de incentivos leve ao aumento de 50% no uso desse meio de transporte para deslocamentos entre casa e trabalho. Na França o uso da bike como meio de deslocamento representa 2,4% de todas as viagens de trabalho-casa, ou cerca de 800 milhões de quilômetros, com uma distância média de 3,5 km por viagem.

Já na Bélgica este número é maior, onde o incentivo de isenção de impostos para bicicletas está em vigor há mais de cinco anos. Cerca de 8% de todos os deslocamentos são por meio da bicicleta. Na Holanda, cerca de 25% dos trabalhadores usam bicicletas para chegarem ao trabalho.

image

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios