SPTrans

Quase mil ônibus com mais de dez anos circulam em SP

Parte da frota de ônibus paulistana esta ficando velha, sendo a maior média de idade dos últimos oito anos.

De acordo com a SPTrans, os 8.760 veículos do sistema estrutural (que liga os bairros ao centro) hoje têm média de idade de 5 anos e 8 meses, maior número desde 2006, quando era de 5 anos e 11 meses. Segundo ainda a gerenciadora do transporte paulistano, até o dia 15, o cadastro municipal registrava 542 ônibus -6% dessa frota- que já passaram do limite de dez anos de idade e, pelo contrato com a prefeitura, não poderiam mais circular.

Outros 210 veículos que rodam entre os bairros, ou 3% do total, também passaram da idade máxima.

De acordo com reportagem do jornal Folha de São Paulo, a prefeitura afirma que as empresas que descumprem a regra são multadas. O jornal afirma ainda que o motivo do número maior de ônibus antigos circulando foi a suspensão da nova licitação do transporte. As empresas afirmam que não estão investindo porque não sabem por quanto tempo continuarão operando. Os contratos com a prefeitura venceram no ano passado.

A SPTrans determinou a realização de inspeção de segurança nesses veículos a cada 60 dias.

A administração municipal por sua vez quer que seja primeiro concluída uma extensa auditoria sobre os custos do sistema, para depois dar andamento na licitação.  Desde 2013, o sistema recebeu 1.207 veículos novos.

14056689

Com as informações de Folha de São Paulo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios