Metrô SP Tecnologia

#ToSemSinalnoMetrô: Campanha no twitter pede sinal decente de internet no sistema metroviário

O que você faz quando está no Metrô? É sempre bom ter algum livro, jornal, ou então boas companhias para tornar mais curta as viagens feitas por quem usa o modal, afinal são mais de 4 milhões de pessoas que andam pelos trilhos todos os dias na cidade de São Paulo. Agora, quando nenhuma das distrações descritas acima estão a mão, o celular pode ajudar muito a passar o tempo, e até sem informar caso ocorra alguma falha. Mas é o sinal do celular? É comum ficar na mão e o 3G não pegar nem com reza brava.

Já relatei aqui no Via Trolebus o absurdo que nós usuários passamos todo dia, sem contar que em alguns meses, receberemos muitos turistas para a copa do mundo, que vão usar metrô. Com este sinal nem preciso contar a vergonha que passaremos, não?

Tão indignado quanto eu, o coletivo “Sardinha Express” lançou uma campanha com foco no twitter, onde todo o usuário que não conseguir o precioso sinal, quando tiver acesso posta a hashtag #ToSemSinalNoMetrô. O Coletivo pede que informem em qual estação ou trecho das linhas possuem dificuldades na utilização do serviço de telefonia móvel prestado pelas operadores na cidade de São Paulo. Com isto, a campanha espera que as empresas prestadoras possam olhar pelos seus clientes, e também que o Metrô não se escuse e dê a desculpa de que “não tem responsabilidade”.

Falando nisto, as empresas não tem mais desculpas em dizer os sinais convencionais não atingem os túneis do Metrô. Recentemente a Anatel (Agencia Nacional de Telecomunicações), aprovou a instalação das chamadas femtocelúlas. Tratam-se de mini antenas que podem reforçam o sinal das comuns, e desta forma melhora do sinal nos túneis e estações onde o sinal chega a ser inexistente.
sinal-de-celular-200712-pelicano-humor-politico1

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios