SPTrans

Agentes da prefeitura começam a multar invasores das faixas de ônibus na avenida Paulista

Já estão valendo as autuações para o motorista do carro que invadir as faixas exclusivas de ônibus recém implantadas na cidade de São Paulo. De acordo com a prefeitura, os agentes da CET e também da SPTrans aplicaram 305 multas a motoristas e motociclistas infratores no primeiro dia de fiscalização na Avenida Paulista e na Avenida Doutor Arnaldo. Só na região são 15 agentes de fiscalização preparados para as canetadas.

Já na Marginal do Rio Pinheiros o número de infrações foi maior: 384. Pela aquela região são 8 agentes. Na Marginal do Rio Tietê foram aplicadas 3 mil 767 multas para os motoristas desavisados, ou até mesmos os espertinhos. De acordo com a prefeitura de São Paulo, o motivo das multas não é falta de informação e sim falta de respeito do motorista de carro, uma vez que existem placas que indicam a restrição. Vamos combinar que quem acompanha o noticiário da capital sabe das faixas exclusivas, né?

A multa é de R$ 53,20 e três pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

19abr2013---transito-congestionado-na-avenida-paulista-por-conta-da-manifestacao-de-professores-e-funcionarios-da-saude-1366399169510_615x300

Segundo ainda a prefeitura, serão mais 200 quilômetros de faixas implantadas até o final deste ano. A ação é para aumentar a velocidade dos ônibus na cidade. A administração municipal promete posteriormente construir corredores de ônibus nas faixas da esquerda das avenidas com maiores movimentos, tais como a Radial Leste, Avenida 23 de Maio e Avenida dos Bandeirantes.

É uma escolha difícil mas necessária do prefeito, uma vez que vai mexer diretamente com o motorista do carro, acostumado a ter prioridade na via. Todavia o transporte público carrega um maior número de pessoas, sendo assim mais democrático prioriza-lo. Alias, sem o incentivo ao uso do transporte coletivo tornando-o atrativo, a cidade não vai conseguir resolver o problema da mobilidade, que consome anualmente bilhões da prefeitura e consequentemente de quem tem ou não tem carro.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios