TAV

Operador do TAV poderá ser ressarcido por atraso de obra

O edital do TAV (trem de alta velocidade) deve ser lançado nesta quinta-feira e deve trazer mais uma mudança. Uma das regras diz que, caso a obra atrase, o operador será ressarcido.

Como conhecemos o andamento de obras do Brasil, sabemos que isso é bem provável que aconteça.

Outra novidade é que a ANTT decidiu que a União terá direito à apropriação de 9% da receita líquida que for gerada com receitas extraordinárias.

O leilão do trem bala deve ocorrer em agosto do ano que vem.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios