CPTM

CPTM é condenada em acidente na estação Perus

A CPTM foi condenada pelo acidente na estação Perus, da linha 7-Rubi, que ocorreu há 12 anos. As 124 pessoas feridas e os familiares dos 9 mortos serão indenizados.

A sentença foi dada pela juíza Adriana Sachsida Garcia, da 34.ª Vara Cível da capital. Agora, as vítimas terão de obter individualmente na Justiça o valor de cada indenização.

O acidente ocorreu no dia 28 de julho de 2000. Um trem cheio que estava parado na Estação Perus foi atingido por outro que vinha desgovernado. Na época, o motivo alegado para o acidente foi a falta de calços de madeira que deveriam ter sido colocados no trem vazio para impedir que ele se mexesse.

Este acidente é até hoje o de maior gravidade já ocorrido no estado de São Paulo em linhas ferroviárias.

Abaixo um compacto com reportagens da época:

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios