EMTU VLT

VLT deve reduzir número de ônibus e linhas na Baixada Santista

As informações são da própria EMTU, que realizou duas audiências públicas  sobre o Veículo Leve sobre trilhos que será construído para ligar inicialmente São Vicente a Santos.

As audiências foram realizadas nesta sexta-feira (02/12) para apresentar as características gerais das licitações do VLT. Nesta primeira etapa serão 11 km de extensão de São Vicente (Barreiros) a Santos (Porto), além da extensão de 4km do Porto a Valongo, em Santos. Este trecho contará com 22 unidades, cada um delas com capacidade para transportar 400 pessoas por viagem. O veículo tem 44m de comprimento e opera a uma velocidade de 50km/h. Pouco né?. Os dois editais (Material rodante e sistemas) têm previsão de publicação até o final de dezembro de 2011. O investimento previsto na primeira etapa é de R$ 690 milhões (projetos e infraestrutura do VLT).

Estão previstos três terminais, duas estações de transferência e 16 paradas (total de 21 estações) nesta primeira fase. O Terminal Porto ficará próximo à futura ligação por túnel entre Santos e Guarujá.  É estimado o transporte de 220 mil passageiros/dia útil e na linha troncal (VLT) serão 70 mil passageiros/dia útil.

Menos Ônibus á Diesel

De acordo com dados da Empresa, no trecho São Vicente (Barreiros) – Santos (Estuário), quando pronto haverá uma redução de 23% na frota de ônibus, que passará de 453 para 352 veículos. O número de linhas também cairá de 52 para 32. O tempo gasto com transporte também será menor, representando uma economia de até R$ 239 milhões/ano) e integração tarifária. Com menos ônibus circulando, a expectativa é de uma economia de aproximadamente R$ 21 milhões/ano em gastos como acidentes e manutenção de viário.

Por Renato Lobo



 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios