Trens Regionais

Governo quer levar, ou melhor, voltar com trem de passageiros para Piracicaba e Ribeirão Preto

Os trens regionais que o Governo do Estado estão prometendo nem estão prontos, e já começam a brotar novos projetos de ligações ferroviárias entre cidades paulistas. Agora as ferrovias exclusivas para passageiros podem chegar a Piracicaba, 164 quilômetros da capital, e a Ribeirão Preto, a 336 quilômetros de São Paulo. Nos dois casos, as linhas sairão de Campinas, interior paulista.

Segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos, as composições poderão atingir a velocidade de máxima de 180 km/h, é uma média de 120 km/h. Mas estes trajetos terão que ser feitos por uma nova malha ferroviária já que as atuais além de transportarem carga, não comportam este tipo de trafego.

A primeira linha de trem regional será a de Jundiaí, um trem rápido com capacidade para 600 pessoas sentadas, deve sair da cidade e alcançar a estação Água Branca, na capital paulista, em 25 minutos, vencendo um percurso de 45 quilômetros. As obras devem começar no final de 2012. No trecho inicial, o trem vai aproveitar a área operacional da linha 7 da CPTM, até a região de Perus. Dali em diante a linha ganhará um novo traçado, eliminando as curvas. O preço da tarifa competirá com o das Linhas de ônibus. O custo estimado do projeto é de R$ 3 bilhões.

Por Renato Lobo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios