EMTU

Passageiros reclamam de mudanças em 17 linhas da EMTU

Até perece que era previsto a reclamação que viria por partes de alguns usuários com as mudanças feitas em 17 linhas de ônibus, que paravam no Largo da Batata, em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo. No sábado mudaram sua rota e estão deixando os passageiros na estação Butantã, na linha 4-Amarela do Metrô. O Portal G1 registrou algumas reclamações.

Até esta terça-feira (18), a passagem do ônibus que leva a Pinheiros não será cobrada. A partir de quarta-feira (19) será preciso ter o Bilhete Único Metropolitano ou pagar a passagem. “Isso é horrível. Eu pegava dois ônibus e agora vou pagar três”, diz a doméstica Hester Silva a reportagem do G1.

Outras 45 linhas continuam parando no Largo da Batata. A EMTU diz que no futuro todos os ônibus do Largo serão transferidos para outros terminais. A ideia é desafogar o trânsito no Largo da Batata e facilitar o acesso dos passageiros ao Metrô. As 17 linhas partem das cidades de Osasco, Embu, Carapicuíba, Jandira e Cotia e atendem 42 mil passageiros. A maioria das pessoas desce antes de chegar ao terminal, mas quem tem que ir para Pinheiros só reclama, pois precisa pegar outro ônibus.

Integração entre Ônibus e Metrô

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos diz que já iniciou os trabalhos para a integração do ônibus com o metrô. A primeira etapa será a integração da EMTU, CPTM e metrô, ainda este ano, na estação Barra Funda.

Por Renato Lobo, com as informações de G1

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios