Inaugurado trecho de Ciclovia que ligará Jabaquara ao Centro de SP

bvt2

Um trecho de 3,5 km de ciclovia foi inaugurado na cidade de São Paulo no eixo Jabaquara/Domingos de Morais, que vai proporcionar a conexão com as estações Praça da Árvore, Saúde e São Judas do Metrô e futuramente entre a Ciclovia da Rua Vergueiro/Centro com a região do Santuário de São Judas Tadeu.

A nova ciclovia é bidirecional ao lado do passeio, no corredor formado pelas ruas Coronel Lisboa/Primeiro de Janeiro/Alameda das Boninas, e unidirecional junto ao canteiro central na Avenida Jabaquara:

Bidirecional

– Na Rua Cel. Lisboa, entre as ruas Sena Madureira e Primeiro de Janeiro;
– Na Rua Primeiro de Janeiro, entre a R. Cel. Lisboa e a Al. das Boninas;
– Na Al. das Boninas, entre a R. Primeiro de Janeiro e a Av. Jabaquara.

Unidirecional

– Na Av. Jabaquara, entre a Al. das Boninas e a Rua Panamericana.

Nas ruas Coronel Lisboa e Primeiro de Janeiro, a CET deve instalar focos semafóricos para o ciclista no sentido oposto ao de circulação viária do tráfego geral. Nos próximos dias devem ser entregues dos trechos da Rua Madre Cabrini e pela própria Av. Jabaquara até a Av. Itacira. Então será possível então a conexão do Jabaquara com o centro da cidade.

bvt

Ciclovia em Interlagos

Também foi entregue aos ciclistas 1,3 km do ciclovias nas imediações do Autódromo de Interlagos, Zona Sul da capital. O trajeto vai integrar, em breve, o circuito já existente entre a Praça Enzo Ferrari e a Avenida Atlântica e proporcionará rota de ligação com a Represa do Guarapiranga e a estação da CPTM na região.

O novo percurso será unidirecional, junto ao canteiro central da Avenida do Jangadeiro, e bidirecional, ao lado do passeio das ruas Justino Nigro e Plínio Schimdt.

– Avenida dos Jangadeiros, entre a Avenida Senador Teotônio Vilela e a Rua Justino Nigro – canteiro central;
– Rua Justino Nigro, entre Avenida do Jangadeiro e a Rua Plínio Schimdt – lado direito;
– Rua Plínio Schimdt, entre as ruas Justino Nigro e João Batista Cataldo – lado esquerdo;

Com essa entrega, São Paulo passa a ter então 174,3 km de vias para ciclistas. Confira o ranking das 10 cidades com maiores extensões de ciclovias.

Imagens gentilmente cedidas por Carlos Eduardo Melo Contreras


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

3 Comentários deste post

  1. O problema desse trecho é que ele ainda não foi ligado com o restante da ciclovia da Rua Vergueiro já que a CET ainda não finalizou o trecho da Rua Madre Cabrini. Não sei porque a demora, a Madre Cabrini está pintada há semanas, já com placas, falta apenas o trecho da ladeira até a ciclovia da Vergueiro… hoje mesmo pedalei nele e encontrei outros ciclistas…

    Thomas Wang / Responder
  2. Utilizo a ciclovia da estação são judas até a liberdade para ir trabalhar. O problema é o trecho entre praça da árvore e Vl. Mariana que por conta das obras intermináveis do metro na Santa Cruz impossibilitam a implantação, já que só tem 2 faixas para automoveis em um pequeno trecho de pouco mais de 50 metros. Ali tenho que dividir o espaço com os carros e ônibus, muitas vezes perigoso com os mal educados que não nos respeitam e nos fecham.

    Marcelo Gomes Plantier / Responder
  3. Alguém tem ideia de quando será implantada a ciclovia até a estação Jabaquara do metrô?

    thiago / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*