Metrô SP

Solução “rapadura” da Linha 2 deve ser usada na Linha 19 do Metrô

As obras da Linha 2-Verde estão em curso e um novo conceito de estacionamento de trens aplicado no Complexo Rapadura, no Jardim Têxtil, zona leste de São Paulo, poderá ser usado em uma futura base na Linha 19-Celeste, na região do Catumbi.

No caso do futuro estacionamento da Linha 2-Verde, havia dificuldade para instalar AMVs devido a geometria entre estações. É destacado ainda dificuldade de fazer o estacionamento em patamar, e dificuldade de atender o número de vagas solicitado. Em outras palavras, se o Metrô usasse o método tradicional, havia mais áreas desapropriadas para um número menor de vagas de trens:

CMSP

A solução o Metrô optou por uma abertura de vala menor que um trem, com apenas 75m, por conta de limitações de espaço, e alongar os túneis de estacionamento:

CMSP
CMSP
  • Mais vagas de estacionamento de trens com uma vala menor;
  • Maior flexibilidade nas manobras de trens e de forma independente;
  • Jacarés duplos dos cruzamentos isolados da via principal;
  • Facilidade para atuação nos AMV pela sua proximidade;

Na Linha 19-Celeste

De acordo com o relatório “EIA/RIMA – Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental da Linha 19 – Celeste”, o futuro estacionamento deve ficar na rua Cachoeira, no distrito do Belém, ocupando um grande polígono de uma garagem de ônibus da SPTrans e um imóvel adjacente.

CMSP

Segundo o documento, o entorno é predominante de uso misto e residencial, em construções térreas ou até três andares, havendo também muitos galpões industriais e de serviços. No local funcionará um estacionamento de trens da Linha 19-Celeste.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios