José Valnei Neival
Monotrilho

Para-choque é instalado em vigas do monotrilho após Jardim Colonial

Os testes com trem do monotrilho da Linha 15-Prata na área de manobra, após Jardim Colonial, estão mais próximos. Imagens de José Valnei Neival gentilmente cedidas ao Via Trolebus mostram que foi instalado o para-choque após a área do track switch:

José Valnei Neival

Outro detalhe revelado pelas imagens é o fechamento de viga ao track switch, que anteriormente não estava completa:

José Valnei Neival
José Valnei Neival

Solicitação para operação

O Metrô de São Paulo, por meio do Diário Oficial do Estado, divulgou que requereu à Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo – SVMA, a Licença Ambiental de Operação – LAO para o trecho operacional de 550m de via elevada após a Estação Jardim Colonial da Linha 15 – Prata do monotrilho.

Renato Lobo | Via Trolebus

O trecho em questão é a área de manobra do sistema, que deve eliminar a baldeação obrigatória dos passageiros na estação São Mateus. Na pratica, o mesmo trem que vem de Vila Prudente seguirá para Jardim Colonial, e vice-versa, já que poderá manobrar na área em questão. Com o pedido, e após aprovação, os testes com composições devem ser iniciados.

A empresa vem fazendo testes com os novos segmentos, que devem diminuir o intervalo na Linha 15. Além do trecho após Jardim Colonial, o Metrô vem trabalhando para implantar um segmento de manobras após a estação Vila Prudente, mas que ainda não foi objeto de pedido de licença para operação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios