Metrofor VLT

Metrô e VLT de Fortaleza geram economia de 93,8 milhões

Um balanço do Metrô de Fortaleza feito em 2021 mostra que os deslocamentos de passageiros sobre trilhos no ano passado geraram uma economia de R$ 93,8 milhões em diversos setores da sociedade.

O estudo revelou que a economia ocorreu quando houve menor fluxo de passageiros em ônibus, carros e motos nas ruas, devido ao funcionamento das linhas de Metrô e VLT, de janeiro a dezembro. Na comparação com o ano de 2020, a economia gerada cresceu 12%, já que no ano anterior, os benefícios socioambientais do metrô e VLT contabilizaram R$ 83 milhões.

O sistema sobre trilhos de Fortaleza, em 2021, deixou de emitir mais de 4 mil toneladas de CO2. “Tais vantagens favorecem o bem estar e a saúde da população. Além disso, as viagens de ônibus, carros e motos que deixam de ser realizadas por causa da operação dos trens, é traduzida em preservação da vida, através do não acontecimento de acidentes, que em muitos casos deixariam vítimas fatais e feridos, demandando gastos, como tratamentos de saúde e pagamentos de seguro.” – diz comunicado da empresa.

Veja abaixo os detalhes do estudo:

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios