Renato Lobo | Via Trolebus
SPTrans

Prefeito Ricardo Nunes fala sobre aumento no subsídio para os ônibus

A greve que ocorreu na cidade de São Paulo nesta terça-feira, 14 de junho de 2022, foi suspensa após os empresários aceitarem proposta de reajuste dos trabalhadores. Um acordo foi costurado depois que a prefeitura aceitou aumentar os subsídios às operadoras.

O prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, falou sobre o ato, e disse que evitou um aumento na tarifa dos transporte.

“São as duas opções que nós temos aqui: ou repassar para a tarifa, ou aumentar o subsídio, uma vez que o aumento de 12,47% aos motoristas e cobradores obviamente repercute no custeio do sistema”, afirmou. “O sistema de transporte gasta hoje em torno de R$ 9 bilhões. Como a gente tá com a tarifa de R$4,40, a arrecadação fica em torno de R$ 5 bilhões. Essa diferença é suportada pela Prefeitura de São Paulo através dos subsídios.”

Evidentemente que, em uma situação de conceder o aumento aos motoristas e cobradores, vai aumentar o custo, e isso deve ser suportado pela tarifa ou pelo subsídio. Isso é o que a gente vai discutir aqui no âmbito da prefeitura. O fundamental era que a gente terminasse com a greve e reestabelecesse o transporte coletivo”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios