Foto: Samuel Rocha
SPTrans

Prefeitura de SP inclui mais R$ 191 milhões para subsídio às empresas de ônibus

Um Crédito Adicional Suplementar de quase R$ 192 milhões para compensar as tarifas do sistema de ônibus de São Paulo foi aberto pelo prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes. O Orçamento para 2021 prevê orçamento de R$ 2,25 bilhões, e o chefe do executivo já havia afirmado que valor poderia ser acrescido.

Os subsídios são para manter a tarifa além de bancar as gratuidades do sistema – idosos, estudantes e pessoas com deficiência, por exemplo –, que representam um investimento social de R$ 1,8 bilhão por ano.

A pandemia derrubou em cerca de 40% o total de passageiros transportados pelos coletivos, elevando o investimento municipal para manter o sistema. O poder público diz que se não fosse o subsídio o valor por viagem de ônibus na capital seria de R$ 6,52.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios