Foto: Samuel Rocha
Mobilidade Urbana

Covid: São Paulo lidera ranking de preocupação com o transporte coletivo

Estudo feito pelo Centro de Excelência BRT+ com apoio do WRI Brasil, analisou nove cidades latino-americanas: Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Bogotá, Buenos Aires, Lima, Quito e Santiago. Nessas capitais, a pesquisa mostrou que a maioria das pessoas passou a usar menos o transporte coletivo.

O motivo é a preocupação com a covid-19, e todas elas tiveram drástica diminuição no uso dos meios e locomoção. Nas nove cidades, mais de 50% dos participantes afirmaram ter reduzido a frequência com que utilizam o transporte coletivo, chegando a 82% dos participantes em São Paulo:

O estudo busca entender como a pandemia afetou a mobilidade urbana, como se sentiram as pessoas que adotaram o trabalho remoto. As análises agora estão em sua segunda fase.

A preocupação com a transmissão de Covid-19 foi uma constante – em todas as cidades pesquisadas, mais de 60% dos respondentes afirmaram que estavam “extremamente preocupados” ou “muito preocupados” com a higiene no transporte público. O gráfico abaixo apresenta a distribuição das respostas para a pergunta “Quão preocupada(o) você está com a higiene no transporte público hoje?”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios