Foto: Renato Lobo - Via Trolebus
Trem de Carga

Brasil pode chegar em 2035 com ferrovias ocupando 35% nos transportes

A malha ferroviária brasileira voltada para o serviço público de transporte de carga tem 28,5 mil quilômetros de extensão e participa com cerca de 20% na distribuição da matriz de transporte do Brasil.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que setembro será um mês dedicado ao setor ferroviário. A fala foi durante o seminário digital realizado nesta semana pela Confederação Nacional da Indústria e Poder360.

De acordo com a pasta, estão previstos a assinatura de contrato da concessão do primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia, o início das obras de implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, partindo de Goiás, além de outras iniciativas.

“Queremos também resolver o problema da ligação da última estação da CPTM com os terminais de Guarulhos [no Aeroporto Internacional de São Paulo] e pretendemos lançar as primeiras autorizações ferroviárias no âmbito federal”, afirmou Tarcísio de Freitas. “Pelas projeções que temos, com aquilo que está sendo plantado, e seguindo o Plano Nacional de Logística, chegaremos a 2035 com uma participação ferroviária na matriz por volta de 35%. E a depender do apetite do [setor] privado com as autorizações podemos beirar os 40%”, completou o ministro.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios