Monotrilho

Metrô começa a concretar extensão da Linha 15 após Vila Prudente

A primeira laje do chamado “Deck Switch”, que deve abrigar o aparelho que permite que o trem mude de via (track switch), localizado na Avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello, começou a receber concretagem. Os equipamentos fazem parte da na extensão à oeste de Vila Prudente, na Linha 15-Prata do monotrilho.

As informações são do presidente do Metrô, Silvani Pereira, a área de manobra conta com 380m e está previsto a construção de 18 pilares. “Isso vai proporcionar alternativas de manobras rápidas de trens e promover maior oferta de trens no trecho, dando mais conforto e segurança aos passageiros”, disse Silvani em suas postagem nas redes sociais. A previsão de entrega é 2022:

Extensão até o Ipiranga

O Metrô de São Paulo homologou contrato com a Empresa Tsenge Engenharia para levantamento topográfico planialtimétrico cadastral de imóveis, para fins de desapropriação das áreas necessárias para extensão da Linha 15-Prata do monotrilho.

A extensão deve levar o monotrilho da estação Vila Prudente até a estação Ipiranga, em conexão com a Linha 710 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM e futuramente com a Linha 5-Lilás do Metrô.

O Metrô de São Paulo, de acordo com os últimos relatórios de empreendimento da empresa, trabalha para entregar a extensão Vila Prudente-Ipiranga do monotrilho para o transporte de passageiro em 2024.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Torcendo para que no projeto da nova estação Ipiranga da CPTM tenha também, além da estação homônima do monotrilho, contemplar também a estação da extensão da linha lilás.

Publicidade

Anúncios