Trens Regionais

Espanhóis estão desenvolvendo trem a hidrogênio renovável

A construtora de trens Espanhola Talgo assinou um acordo com a Repsol para a fabricação de uma composição movido a hidrogênio na Península Ibérica. A segunda empresa é uma das maiores produtoras de hidrogênio da Espanha e opera a maior usina de hidrogênio da Europa.

O acordo foi assinado pelo diretor executivo de Transformação Industrial e Economia Circular da Repsol, Juan Abascal, e pelo presidente da Talgo, Carlos Palacio Oriol, na fábrica da fabricante em Laz Rozas perto de Madrid em 19 de julho.

A Talgo já começou a desenvolver um trem de hidrogênio, o Vittal One, que deve começar a ser testado em 2023. Trata-se de um projeto modular duplo para rotas de média distância movido por células de combustível de hidrogênio.

A fabricante irá projetar, construir e comissionar os trens, enquanto a Repsol fornecerá sua infraestrutura de geração de hidrogênio renovável e logística para abastecer os veículos. Duas linhas devem usar trens comerciais até 2030, conforme acordado pelo governo espanhol em outubro passado, como parte do Roteiro do Hidrogênio.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios