Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Quantas vigas-trilho faltam ser lançadas nas obras do monotrilho da Linha 17-Ouro?

Grande parte da estrutura das obras da Linha 17-Ouro do monotrilho já está instalada, como os pilares, as estruturas das estações, além das vigas-trilho, por onde vão correr os quatorze trens que farão parte do eixo metroviário que vai ligar a estação Morumbi, o Aeroporto de Congonhas e a estação Jardim Aeroporto a partir de 2023.

Mas ainda há trabalhos a serem realizados, como a colocação de outras 136 vigas, segundo uma reposta do presidente do Metrô, Silvani Pereira, nas redes sociais.

As grande estruturas de concreto ainda precisam ser instaladas na Marginal Pinheiros, entre Granja Julieta e a ponte estaiada, e em parte no Pátio Água Espraiada, tanto em seu acesso quanto nas áreas de manutenção do monotrilho.

As vigas-guia pesam em torno de 90 toneladas, altura de 2,20 metros, largura de 0,80 metros e comprimento de 30 metros.

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Obras na Marginal Pinheiros

Foi iniciado a montagem do andaime e da proteção da área de trabalho, junto à via férrea da Linha 9-Esmeralda, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM.

As vigas-trilho serão içadas por um pórtico (ainda a ser construído) na pista expressa da marginal e serão transpostas da marginal Pinheiros, passando sobre a rede aérea da Linha 9 da CPTM, numa altura de 15 metros, onde a viga será acoplada num sistema chamado de treliça lançadeira, a qual transportará as vigas até os apoios.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios