Metrô

Bruxelas apresenta novos trens do Metrô fabricados pela Caf

A operadora do metrô de Bruxelas, a STIB – Société des Transports Intercommunaux de Bruxelles, lançou oficialmente seus trens da série M7, com a presença do CEO Brieuc Meeûs d’Argenteuil e a Ministra da Mobilidade da região da capital, Elke van den Brandt.

Até 43 composições poderão ser fornecidas pela CAF em contrato concedido em 2016. Parte dos trens chegaram ao pátio de manutenção de Haren em julho de 2020, sendo que quatro unidades já foram entregues. Após testes extensivos, espera-se que os comboios entrem em operação no verão.

Os primeiros 22 trens foram encomendados para aumentar a capacidade da rede existente, e todos devem chegar no final de 2022. O próximo lote seguirá quando a linha de metrô leve norte-sul 3 entre Albert e Nord Station for convertida da operação de bonde para metrô sem motoristas, e estendido ao norte até Bordet.

Existem várias diferenças entre as composições mais antigas e a M7. Em particular, os conjuntos mais novos são formados como um único salão de seis carros, e a capacidade de dividir a formação em dois segmentos. A retirada das cabines hostler aumentou a capacidade de cada trem de 728 para 742 passageiros, com cerca de 200 assentos a mais.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios