Trens Regionais

Alstom vai fornecer o modelo “X’trapolis” para Trem Maia no México

O consórcio formado pela Alstom Transport México, Bombardier Transportation México, Gami Ingeniería e Instalaciones e Construcciones Urales Procesos Industriales fornecerá uma frota de trens para o projeto ferroviário intermunicipal chamado Trem Maia.

O valor total do contrato é de aproximadamente € 1,3 bilhão (mais de Mex $ 31 bilhões). A parcela da Alstom-Bombardier chega a quase € 1 bilhão.

O consórcio venceu a licitação por conta do custo, o grau de integração nacional, os prazos de entrega e as propostas de projeto.

Estamos extremamente orgulhosos de termos sido selecionados para fornecer o Tren Maya – um trem para o México, construído no México – bem como seu sistema completo de sinalização. O design dos três tipos de trens – Xiinbal, Janal e P’atal – é exclusivo do México e inspirado na cultura maia, onde as majestosas linhas, a velocidade e a beleza do jaguar foram elementos inspiradores para o trem. A fabricação do Tren Maya começará imediatamente, com mão de obra mexicana, após a assinatura do contrato”, disse Maite Ramos, Diretora Geral da Alstom México.

Serão 42 trens do modelo X’trapolis, bem como todo o sistema de sinalização incluindo o projeto, fornecimento e instalação da tecnologia ETCS a bordo e mais de 1.500 km de equipamentos de via, incluindo ETCS, intertravamento, gerenciamento de tráfego e sistemas de telecomunicações. Além disso, o consórcio é responsável pela construção das oficinas de manutenção e garagens e pelo serviço de pós-venda dos equipamentos do sistema.

Já são 5500 carros X’trapolis que foram encomendados até agora no mundo. Os comboios também usarão componentes e conhecimentos fornecidos pela antiga Bombardier, sendo o mais notável seu bogie Flexx Eco, projetado para uma velocidade máxima de 176 km/h.

Tren Maya é um projeto de 1.525 quilômetros de extensão que visa desenvolver e conectar o sudeste do país com a Península de Yucatán e será um grande impulso para a mobilidade e o crescimento econômico nesta região do México. Ao todo, o projeto vai gerar 4.500 empregos diretos e 7.500 indiretos, o que vai gerar um desenvolvimento econômico significativo para a comunidade. A Alstom fabricará os 42 trens em sua fábrica em Ciudad Sahagún Hidalgo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios