Ônibus

Curitiba bloqueia cartão de 156 passageiros que estavam com covid-19

Curitiba bloqueou o cartão de transporte de 156 passageiros em um pouco mais de dois meses, sendo que os usuários foram diagnosticados com covid-19. Os passageiros furaram o período de isolamento social e tentaram embarcar nos ônibus da capital.

O número de pessoas com cartão-transporte ativo diagnosticadas com covid somou 275 no período – o que representa pouco em relação aos 370 mil usuários por dia do transporte coletivo da capital.

A Urbanização de Curitiba (Urbs) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) implantaram, no fim de março, um sistema de cruzamento de dados de CPF de pessoas diagnosticadas com covid-19 e portadores de cartão-transporte, com o objetivo de evitar que pacientes com covid-19 rompam o isolamento.

Os usuários do cartão representam mais de 65% dos passageiros de ônibus na cidade. A medida vale para os cartões usuário, isento (idosos e pessoas com deficiência) e estudantes.

“Cada um precisa fazer sua parte. Cuidar das medidas sanitárias e, se estiver com covid-19, se isolar”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

O passageiro que cumpriu o período e não tentou furar o isolamento, tem o cartão desbloqueado automaticamente após sete dias.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios