Pedro Ribas/SMCS
Ônibus

Terminal de ônibus Tatuquara, em Curitiba, entra em fase final de construção

O Terminal Tatuquara, 24.º da Rede Integrada de Transporte Coletivo de Curitiba, começou a receber a cobertura e entrou na fase final de construção, de acordo com um comunicado da Urbs – Urbanização de Curitiba. A entrega das cerca de 400 telhas teve atraso por conta da pandemia e a previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas, que coordena o trabalho, é de que a estrutura do terminal fique pronta até o fim de maio.

Além do telhado, ainda será concluída a implantação da rede de energia elétrica e da iluminação. Também será instalado nos próximos dias o reservatório de água com capacidade de 23 mil litros que abastecerá o terminal.

“Está ficando pronto o Terminal Tatuquara. Finalmente chegaram as telhas, que são painéis termoacústicos, uma espécie de sanduíche de aço e poliuretano. Elas vão cobrir os mais de três mil metros quadrados desse grande terminal e as pessoas do Tatuquara não precisarão mais se deslocar a outros bairros para ingressarem na Rede Integrada de Transporte Coletivo de Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca.

A área do novo terminal é de 3,4 mil metros quadrados e os acessos são feitos pelas ruas Olivardo Konoroski Bueno e Jornalista Emílio de Zola Florenzano. O equipamento público vai permitir que os ônibus de Araucária, de Fazenda Rio Grande e de todos os bairros que compõem a Regional Tatuquara (Campo de Santana, Caximba e Tatuquara) tenham lugar para fazer a integração. Não será mais necessário que passageiros se desloquem até o Pinheirinho, pois irão direto pela Rua Presidente João Goulart para a Linha Verde e, daí, ao Centro de Curitiba.

Haverá ainda um bicicletário com 108 vagas, vestiários e lanchonetes. “No fim de maio pretendemos concluir o trabalho de construção e entregar o Terminal Tatuquara aos cuidados da Urbs, que administra o sistema de transporte coletivo de Curitiba”, disse o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues.

Dez linhas, entre elas Rio Bonito, Dalagassa, Pompeia, Janaína, Santa Rita, Rurbana e Tatuquara, terão o novo terminal em seu itinerário. Linhas troncais que farão a futura integração com estações estratégicas da Linha Verde – para a ligação direta ao Centro e integração metropolitana – também passarão pelo terminal.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios