Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Metrô SP

Metrô de São Paulo estuda pagamento de passagem via pix

Pix é uma forma de pagamento eletrônico lançado oficialmente no país no dia 5 de outubro de 2020, com início de funcionamento integral em 16 de novembro do mesmo ano. O meio de pagamento vem sendo usado pela população, principalmente pela rapidez no uso.

A novidade é que o método vem sendo estudado como forma de passagem no Metrô de São Paulo. Um usuário questionou o presidente do Metrô, Silvani Pereira, nas redes sociais, sobre a inclusão da forma de pagamento via pix. “Por favor, coloquem o Pix como opção de pagamento no aplicativo. Vai facilitar imensamente para a maioria da população que não possui cartão de crédito”, questionou o passageiro.

Já Silvani respondeu que a medida poderá ser implantada. “Estamos trabalhando essa opção, aguarde, em breve teremos novidades”, respondeu o presidente.

Há a expectativa de que o pix nas catracas seja por meio do aplicativo Top, que permite acesso às estações do Metrô e da CPTM por meio de QR Code, através do pagamento por cartão de débito ou crédito.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Metrô, CPTM e ônibus municipais de SP há anos estão ultrapassados nas formas de pagamento, deveria já ter por cartão de crédito, débito, QR code, Pi e o que mais tiver, precisa evoluir não involuir.

Publicidade

Anúncios