Pátio Jabaquara | Foto: Renato Lobo
Greve

Greve no Metrô de São Paulo: Sindicato avalia greve reivindicado vacinas e lockdown

Sindicato dos metroviários de São Paulo avaliam cruzar os braços em uma paralisação geral dos transportes em reinvindicação de vacinas para o setor e medidas para tentar conter a pandemia. O sindicato que representa os motoristas e cobradores de ônibus já anunciou que pretendem repetir manifestações em terminais, como ocorreu em março.

Em um comunicado postado nas redes sociais, o sindicato dos metroviários confirma uma assembleia entre os trabalhadores para avaliaruma possível greve.

Entre os mais expostos à contaminação pela Covid-19, os trabalhadores em transportes pedem a inclusão das categorias no grupo prioritário da campanha de vacinação. O Sindicato defende a vacinação de toda população com urgência, lockdown e renda emergencial mínima de R$ 600. Os profissionais em transportes avaliam a realização de uma greve sanitária. Metroviários de SP terão assembleia no dia 6/4″ –  diz a nota da entidade.

Em uma entrevista ao Diário do Transporte, o diretor do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, Wagner Fajardo, disse que 20 profissionais da empresa já morreram vítima da covid-19.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios