VLT

Frankfurt estuda implantar VLT para o transporte de carga

Frankfurt, na Alemanha, conta com um novo projeto para introduzir o transporte de carga por meio de Veículo Leves Sobre Trilhos – VLT, e já conta com financiamento do Land de Hesse.

O projeto está sendo realizado pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt, em cooperação com a operadora de transporte urbano VGF e o serviço de entrega de encomendas Hermes. Os participantes estimam que um bonde de carga pode reduzir as emissões de CO2 em mais da metade quando comparado a vans de entrega, além de proporcionar economia de custos.

No entanto, uma série de dificuldades técnicas, organizacionais e logísticas precisam ser resolvidas. Foi constatado que trens regulares de passageiros não eram apropriados para transporte de mercadorias. Está sendo estudado então a conversão de veículos para utilização dedicada ao transporte de mercadorias.

Alemanha já teve VLT cargueiro

O VLT destinado para cargas, o CarGoTram, que transportava peças automotivas para uma fábrica da Volkswagen em Dresden, capital do estado da Saxónia, no leste do país, acabou sendo desativado no ano passado.

O último serviço na rota de 5,5 km da estação de Dresden-Friedrichstadt para a fábrica, foi agendado para 23 de dezembro de 2020, no entanto, as operações foram interrompidas após uma colisão com uma van.

O trem leve de carga foi proposto pela primeira vez quando a fábrica de automóveis de Dresden estava sendo planejada, para evitar a necessidade de transportar componentes pela cidade em caminhões.

O VLT tinha cinco carros e 59,4 metros de comprimento, uma capacidade de 60 toneladas. A operação começou em 2001. O plano inicial era executar 30 serviços CarGoTram por dia, porém em 2003 eram 10 por dia, e em 2015 apenas três por dia. A manutenção dos bondes também era cara devido à falta de peças sobressalentes.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios