Metrô

Jornal cita pessoas empurradas no Metrô de NY e operadora descarta portas de plataforma

A Metropolitan Transportation Authority – MTA, empresa pública norte-americana que é responsável pelo transporte público no estado de Nova Iorque, diz achar cara demais a instalação de portas de plataforma, segundo uma publicação do New York Post. Há, no entanto, uma recente onda de pessoas sendo violentamente empurradas para os trilhos, de acordo com o texto.

As barreiras – que impedem as pessoas de acessar os trilhos nas paradas e abrem apenas quando um trem chega – “são incrivelmente caras”, testemunhou a presidente provisória do trânsito, Sarah Feinberg, na quarta-feira, em resposta a perguntas do vereador Peter Koo (D-Queens) sobre como prevenir o ataques repetidos que assolam o sistema”, diz o texto.

Sarah ainda diz que há questões técnicas que inviabilizam a instalação dos equipamentos. “Dada a natureza de nosso sistema, a forma como nossas plataformas são construídas, a forma como nossos trens chegam e, no final das contas, quanto tempo nossos trens são, é um pouco complicado”, diz.

É um movimento contrário a outros sistemas, como na cidade de São Paulo. A companhia do Metrô paulista decidiu instalar as portas quando viu crescer o número de invasões nos trilhos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios