Metrô SP

Governo prevê Linha 16-Violeta do Metrô em 2034

Informações publicadas no Diário Oficial do Estado, no caderno do Poder Legislativo desta sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021, mostra detalhes dos estudos da nova linha 16-Violeta do Metrô, sendo “uma das alternativas em estudo”, o que evidencia que outros trajetos podem ser considerados.

De acordo com o texto, o novo ramal foi pensando para cumprir o papel da extensão proposta da Linha 6-Laranja em sua porção leste. “Linha 16-Violeta se apresenta como alternativa ao traçado do trecho São-Joaquim-Cidade Líder, anteriormente proposto para extensão da Linha 6-Laranja, atendendo à população da zona leste de São Paulo” diz trecho do documento.

Detalhes operacionais que um dia poderão virar realidade também foram revelados, como 21,8 km de extensão, 1 Pátio de Manutenção, 21 estações e 30 trens.

A nova ligação parte da Linha 4-Amarela na estação Oscar Freire e seguiria paralelamente à Linha 2-Verde. Na futura estação Jardim Paulista integrará com a futura Linha 19-Celeste e na estação Paraíso com as linhas 1-Azul e 2-Verde. Depois segue por regiões importantes como Aclimação, Vila Monumento, interligação com a Linhas 10-Turquesa da CPTM, passando por Alto da Mooca e seguirá em direção à futura estação Anália Franco, da Linha 2-Verde, passará por Vila Formosa e Vila Antonieta até Cidade Líder e sua estação terminal, no Jardim Brasília, já próximo de Artur Alvim.

Segundo ainda a informação, a demanda estimada para a operação comercial da linha é de 630 mil passageiros por dia útil estimada para o ano de 2034.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios