Marco Prass
Trensurb

Trens da série 200 da Trensurb ainda não operam com oito carros

Os trens da série 200 da Trensurb foram adquiridos em 2012, e foram fabricados por um consórcio entre a Alstom e CAF. Esteticamente são idênticos a série 9000 da CPTM ou dos 4000 e 5000 da SuperVia.

Mas apesar do tempo de operação, a operadora do Metrô de Porto Alegre nunca conseguiu operar os comboios com formação de oito carros, importante configuração para o transporte de passageiros no horário de pico, inclusive para diminuir aglomeração. É o que diz uma publicação do jornal Zero Hora.

Atualmente, a operadora opera acoplando apenas os trens série 100, da frota original, que conta com 25 trens no total.  Segundo o texto, testes e ajustes vêm sendo realizados, porém ainda há falhas nos sistemas de monitoramento e comunicação entre trens série 200 acoplados. O fabricante deve solucionar essas falhas antes que os trens série 200 também possam operar acoplados. No entanto, não há uma previsão de quando exatamente isso irá ocorrer.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios