TAV

Principal companhia ferroviária japonesa anuncia a dispensa de 9.500 funcionários

A Central Japan Railway (JR Central), principal operadora de trem no Japão, incluindo o Trem-bala, anunciou que vai dispensar cerca de 9.500 funcionários até o dia 28 de fevereiro, em resposta às restrições mais rígidas da Covid-19.

A operadora deve implantar um descanso compulsório colocando cerca de 400 trabalhadores em licença por dia a partir de segunda-feira, e as medidas serão direcionadas a uma ampla gama de funcionários da JR Central, incluindo equipe de manutenção, do Trem-bala e equipe da estação em linhas convencionais.

A empresa afirma que as medidas visam minimizar os custos em face da queda na demanda de passageiros e reduzir a disseminação da infecção entre seus funcionários.

A JR Central já havia anunciado planos para reduzir o número de seus serviços de alta velocidade Shinkansen de 25 de janeiro até o final de fevereiro.

Essa medida foi anunciada em resposta a um estado de emergência declarado em 7 de janeiro pelo primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga. O estado de emergência, que originalmente se aplica a Tóquio e três prefeituras vizinhas, foi posteriormente estendido para mais oito no dia 14 de janeiro.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios