Metrô SP

Estudos para a Linha 20-Rosa do Metrô devem terminar em 2023

A fase de projeto é crucial para determinar os aspectos de uma linha de Metrô, e sem ela não é possível tocar um empreendimento que vai transportar milhares de passageiros por dia.

O Metrô de São Paulo, por meio de seu site (página de licitações), informou que assinou com consórcio GPO-Geocompany-Geotec no final de dezembro para o prosseguimentos do projeto funcional e do anteprojeto de arquitetura da Linha 20-Rosa, que deverá ligar a estação Prefeito Celso Daniel-Santo André à estação Santa Marina, na capital paulista.

O consórcio terá até 2023 para finalizar as análises, portanto antes dessa data não será possível determinar o início das obras.

A Linha 20, nas configurações atuais, poderá ter 25 estações, e mais de 30 km de extensão. Apesar de ter sido usado como moeda de troca na substituição do monotrilho da Linha 18-Bronze por um projeto de BRT no ABC Paulista, seu trecho prioritário é no segmento previsto na cidade de São Paulo, entre Santa Marina e São Judas. O outro trecho pode atender a regiões que não possuem conexão com a malha metroferroviária, como o bairro do Cursino e a cidade de São Bernardo do Campo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios