Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Ônibus

Investidores querem financiar 3 mil ônibus elétricos na América Latina, incluindo SP

Um grupo com 17 investidores e fabricantes pretendem injetar US$ 1 bilhão para financiar o aumento da frota de ônibus elétricos em quatro cidades latino-americanas: São Paulo, Santiago (Chile), Medellín (Colômbia) e Cidade do México, de acordo com publicação da Folha de São Paulo.

Trata-se da Aliança Zebra (Zero Emission Bus Rapid-deployment Accelerator, ou acelerador de implantação de ônibus com emissão zero) formadas por bancos de fomento, operadoras elétricas e fabricantes de ônibus. A região conta com quase 2 mil veículos elétricos para o transporte coletivo, e o investimento poderia financiar mais 3 mil.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

O projeto faz parte da C40 Cities e ICCT (organização que estuda eficiência energética do transporte) e P4G (fórum de estímulo a parcerias público-privadas).

De acordo ainda com a Aliança Zebra em comunicado à Folha, os custos operacionais e de manutenção de um veículo de zero emissão são “significativamente mais baixos do que aqueles de veículos movidos a combustíveis fósseis”. A entidade menciona o exemplo de Santiago, onde uma das operadoras constatou que a operação de um veículo elétrico é 70% mais barata que de um veículo a diesel, e o custo de manutenção é 37% menor.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios