Foto: Renato Lobo - Via Trolebus
CPTM

CPTM vai ganhar estacionamento de trem e almoxarifado no Parque ecológico do Tietê

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM lançou o edital de concessão das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, e uma das obrigações do novo concessionário será a construção de um empreendimento na zona leste para apoio operacional das linhas remanescentes que ficarão a cargo da estatal.

A CPTM vai precisar de mais um ponto de apoio, já que vai perder áreas importantes no Pátio de Presidente Altino, este que por sua vez ficará sobre gestão do novo operador.

A operadora estatal dispõe de uma área no Parque Ecológico do Tietê, no lado norte da Linha 13, que foi utilizada como canteiro de obras para fabricação de pré-moldados da ferrovia que liga a malha sobre trilhos até o Aeroporto de Guarulhos.

A área está localizada entre as Estação USP – Leste e Estação Engenheiro Goulart no lado norte da Linha 13 e pode ser acessada por via rodoviária pela marginal da rodovia Ayrton Senna:

Serão construídos almoxarifados, balança rodoviária, além de uma via férrea não eletrificada, que deverá partir da estação Engenheiro Goulart até o novo pátio, sendo destinada para trens de manutenção. “Esta unidade construtiva destina-se a propiciar o acesso e circulação, dentro do PET de locomotivas, vagões de carga de diversos tipos e veículos de manutenção de vias e de rede área, para receber ou entregar materiais nos almoxarifados”, diz trecho do edital.

A previsão é que o leilão das linhas 8 e 9 ocorra em março de 2021.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • vai ganhar entre aspas. o governo vai entregar toda uma infraestrutura em presidente altino, e a concessionaria vai refazer parte dessa estrutura em outros locais. nao vou chamar de gastos desnecessarios, mas nao é prioritario e principalmente de uma concessao que vai onerar os cofres publicos e sucatear ainda mais a CPTM.

Publicidade

Anúncios