Monotrilho

Novo monotrilho da CRRC é mais rápido, mais largo, e dispensa pneu de borracha

Monotrilhos, no geral, não ultrapassam a velocidade máxima de 80 km/h, como os da Linha 15-Prata e os futuros trens da Linha 17-Ouro em São Paulo. Também contam com pneus de borracha, como na maioria dos sistemas mundo a fora. Mas, veículos de nova geração prometem operações com passageiros com velocidades de 100 km/h.

A chinesa CRRC Qingdao Sifang iniciou testes com um protótipo de trem monotrilho mais rápido, e com um custo projetado de cerca de um terço do preço de uma linha de metrô convencional.

A empresa desenvolveu inicialmente um veículo de 80 km/h em 2016, que era movido por motores de ímã permanente. O veículo mais recente é mais rápido e mais largo e se destina a oferecer uma capacidade comparável a uma composição de metrô Tipo B. Significa que o trem é mais largo que monotrilhos tradicionais, chegando a uma largura de 3098 mm. É mais estreito, no entanto, que o innovia 300, modelo da linha que liga São Mateus a Vila Prudente, com largura de 3,14 metros.

Os trens dispensam motoristas na frente do veículos, e também usam um pacote de tração de ímã permanente, que deve reduzir o consumo de energia em cerca de 20% em comparação com os projetos anteriores.

Contam com uma configuração flexível permitindo formações por dois, quatro, seis ou oito carros “de acordo com os requisitos operacionais”, sendo que o conjunto de seis vagões pode transportar até 1.400 passageiros.

Sem pneus

Outra diferença é que o novo aerotrem dispensa pneus. A movimentação das rodas é por meio de um trilho-guia que visa simplificar a substituição dos pneus de borracha, reduzindo em um terço o custo de manutenção de toda a vida útil do mecanismo de rolamento.

Cada vagão possui três pares de portas para embarque e desembarque rápidos. Internamente, o salão do passageiro possui um revestimento de piso resistente ao desgaste e um revestimento decorativo antibacteriano e antivírus.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios