Trens Urbanos

Hitachi, Toyota e operadora de trem urbano japonesa vão testar composição a hidrogênio

Trens a hidrogênio tem sido testados em serviços regionais na Europa, mas um novo acordo pretende introduzir a tecnologia em sistemas urbanos na Ásia.

A Japonesa EAST Japan Railway (JR East), maior operadora sobre trilhos do mundo, a Hitachi e a Toyota, assinaram um acordo para o desenvolvimento de um protótipo de veículo ferroviário que emprega um sistema de tração elétrica a hidrogênio.

Com o nome de Hybari, o projeto deve empregar células de combustível desenvolvidas pela Toyota para veículos do transporte coletivo, e um sistema de tração híbrido desenvolvido pela Hitachi. O trem também incorporará sistemas de frenagem regenerativos para geração de energia adicional.

O trem protótipo será um FV-E991 EMU de dois carros convertido e deverá ter uma velocidade operacional de 100 km/h, com autonomia de aproximadamente 140 km antes do reabastecimento. Os testes estão programados para começar em março de 2022 no ramal Shitte – Hama-Kawasaki Nambu com 4,1 km de extensão, na província de Kanagawa.

A JR East tem uma meta de atingir emissões líquidas de carbono zero em todas as operações ferroviárias até 2030 e em todo o seu negócio até 2050, conforme descrito em sua estratégia Zero Carbon Challenge 2050.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios