Foto: ViaMobilidade
Metrô SP

Em que pé está as obras de ampliação da estação Santo Amaro do Metrô?

A congestionada estação que faz a conexão entre a Linha 9-Esmeralda da CPTM e a Linha 5-Lilás do Metrô está tendo seus espaços ampliados.

A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação do eixo metroviário que liga o Capão Redondo e a Chácara Klabin, iniciou em janeiro deste ano as obras de melhorias da parada. De acordo com a operadora, o objetivo é aprimorar a infraestrutura da área de transferência para tornar o espaço compatível à atual demanda de público da Linha 5, que cresceu em mais de 90% – de 320 mil para 600 mil passageiros – desde a abertura das últimas estações e conclusão da linha no ano passado.

Foto: ViaMobilidade

Em uma postagem nas redes sociais, a operadora informou que deve iniciar a cravação das estacas pranchas para ensecadeira no lado leste, para possibilitar a execução da contenção e blocos de fundação que vão sustentar os novos espaços.

Foi iniciado também, segundo a empresa, os serviços de instalações (hidráulica e aterramento), além dos processos de acabamentos internos da nova casa de apoio ao ciclista. Está ainda em andamento as estacas raiz inclinadas no lado oeste da estação e foram concluídas todas as estacas hélices da obra.

Estação Santo Amaro | Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

A ampliação

Serão implantados aproximadamente 4.000 metros quadrados a mais de espaço nas plataformas, mezanino e passarela de integração e serão instaladas mais 8 escadas rolantes e 4 elevadores.

Plataforma ampliada

O espaço das plataformas será ampliado com a construção de um espaço auxiliar de sete metros de largura, ao lado da plataforma existente, em cada um dos sentidos. Na extremidade de cada plataforma ampliada, serão acrescentadas três escadas rolantes, 1 escada fixa e 1 elevador.

Integração

A interligação, entre as duas linhas, passará a ter 14 metros de largura e ganhará um par de escadas rolantes para acesso à plataforma. Uma nova passarela de 6 metros de largura será erguida para integrar as duas estações. Há a previsão também de um novo conjunto de bilheterias e haverá substituição dos bloqueios (catracas) na integração por câmeras de contagem.

“Essas adequações visam oferecer mais conforto, segurança e acessibilidade aos 95 mil passageiros que passam pela Estação Santo Amaro todos os dias”, afirma Francisco Pierrini, presidente da ViaMobilidade.

A previsão é de que as obras sejam concluídas em 2022. O investimento está inserido no montante previsto de R$ 3 bilhões ao longo dos 20 anos de concessão.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios