Trólebus

Gênova, na Itália, anuncia ampliação da rede de trólebus

Um aporte de 470 milhões de euros pelo governo italiano será destinado para a reorganização e expansão do sistema de trólebus de Gênova, uma cidade portuária e a capital da região de Ligúria, no noroeste de Itália.

De acordo com o ambicioso plano proposto pela Câmara Municipal no início deste ano e agora aprovado em Roma, os trólebus serão implantados em um sistema de quatro eixos (Levante, Centro, Ponente, Valbisagno).

Será contemplado uma rede de trólebus com cerca de 50 km, principalmente em vias reservadas ou protegidas, ao longo das principais vias do sistema de transportes públicos. O plano resultará na compra de até 145 trólebus articulados com baterias e 18 metros de comprimento.

Serão construídas 17 novas subestações elétricas. Além das obras rodoviárias e de construção civil, estão previstas adequações específicas da malha urbana e rodoviária . Por fim, serão realizados 2 estacionamentos e 12 estações terminais.

O objetivo final do plano é uma redução de 8,1% nas viagens em veículos particulares e um aumento de 24,3% nas viagens em transportes públicos. No centro da cidade, a velocidade comercial tende a aumentar para 14 km/h, enquanto hoje é de 10,8 km/h.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios