Trens Regionais Trens Urbanos

Trens a bateria devem ganhar espaço na Grã-Bretanha

A Hitachi Rail estabeleceu um acordo com a Hyperdrive Innovation, para o desenvolvimento de baterias para trens fabricados em Newton Aycliffe, uma cidade no condado de Durham, Inglaterra. As baterias serão fabricadas nas instalações da Hyperdrive em Sunderland, a apenas 32 km de Newton Aycliffe. O acordo fornece à Hitachi Rail um fornecedor doméstico de baterias, reduzindo os custos de produção e transporte.

O acordo prevê a conversão de 275 trens da Hitachi, sendo que até 400 trens poderão passar pelo processo. Os trabalhos ainda podem ainda abranger novas composições de linhas metropolitanas e interurbanas no futuro.

O cenário que se desenha deve acelerar o uso de comboios a baterias na Grã-Bretanha, que a Hitachi enxerga como um mercado potencialmente lucrativo. Atualmente, apenas 58% da rede de 32.186 km do país é eletrificada, e os trens britânicos produzindo mais de 2,4 milhões de toneladas de CO 2 anualmente.

Mas, os planos do governo britânico apontam para zero emissão de poluentes no setor até 2050, e a frota a diesel do país poderá substituída por novos trens de bateria como uma alternativa à eletrificação.

“Os trens a bateria podem desempenhar um papel vital na melhoria do ar que respiramos, enfrentando as mudanças climáticas e fornecendo serviços ferroviários modernos e de alto desempenho”, diz Andrew Barr, CEO do grupo Hitachi Rail. “A parceria com a Hyperdrive cria uma oportunidade pronta para escavação de encomendar novos trens a bateria agora, além de cortar carbono e sobrecarregar uma economia verde para o Nordeste e em todo o Reino Unido” – afirma.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios