TAV

Singapura e Malásia querem ligação por meio de trem de alta velocidade

Um acordo esperado para ser celebrado até o final deste ano pode viabilizar um novo trem de alta velocidade entre Cingapura e Malásia.

“O lado da Malásia nos deu algumas propostas sobre as mudanças, que estamos estudando cuidadosamente e discutiremos mais com elas”, disse Lee Hsien Loong, primeiro-ministro de Cingapura, que disse ainda que há necessidade básica da linha, de aumentar os negócios e melhorar os laços entre as duas cidades.

O acordo sofreu forte revés no passado, quando o ex-primeiro-ministro da Malásia, Mahathir Mohamad, ameaçou abandonar o projeto de alta velocidade, que era um projeto emblemático de seu antecessor, Najib Razak. Em setembro de 2018, os governos concordaram em suspender o projeto até maio de 2020 para dar tempo para uma revisão dos custos. Em junho, os governos concordaram em prorrogar até 31 de dezembro.

Se sair do papel, a linha cruzará o Estreito de Johor em uma ponte de 25 metros de altura entre a estação Woodlands North em Cingapura e a estação Bukit Chagar em Johor Bahru. A ferrovia seria inaugurada até o final de 2026, dois anos depois do planejado, e teria capacidade para transportar 10.000 passageiros por hora e por sentido.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Não entendi.. Já existe um serviço de trem que liga os dois países por essas 2 estações mencionadas. Elas estão a apenas uns 2km uma da outra… Seria uma nova linha, de trem rápido, pra percorrer uma distância tão pequena?

Publicidade

Anúncios