Foto: Sergio Mazzi
Monotrilho

“Serão os últimos projetos de monotrilho”, diz Baldy

No final da década passada e no começo desta, o monotrilho foi vendido como a grande solução para a expansão da malha metroferroviária. Um pouco tempo, surgiram diversos projetos, tanto pelo governo estadual, e até pela prefeitura de São Paulo, que falou em trens aéreos na zona sul e na Avenida Celso Garcia.

Mas, se depender da atual gestão, os monotrilhos devem ficar apenas nas linhas 15-Prata [Vila Prudente – São Mateus], já em operação, e a 17-Ouro [Morumbi – Congonhas], em construção com previsão de entrega em 2022.

Durante uma entrevista à Revista Ferroviária, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, descartou qualquer outra linha com o meio de transporte, ao se referir à finada Linha 18-Bronze, que atenderia ao ABC.

“Estes serão os últimos projetos de monotrilho enquanto aqui estiver o governador João Doria , haja vista que a realidade de São Paulo hoje colocada é que o sistema de metrô é um sistema mais realista para transportar de forma qualificada os cidadãos da sua casa e seu trabalho” – disse.

Sobre a administração do estado, foram ao menos cinco projetos, e além dos três acima, pelo menos mais dois chegaram a ser cogitados: A Linha 16-Prata, que ligaria a Cachoeirinha até a Lapa. A linha, então, teria 9 km e seu traçado se daria no eixo da Avenida Inajar de Souza, Comendador Martinelli e Ermano Marchetti.

Outro eixo que teve inicialmente um monotrilho como tecnologia proposta seria a 22-Bordô, que ligaria São Paulo até Cotia, por meio da Rodovia Raposo Tavares. E eixo de transporte ainda está nos planos do governo a longo prazo, e poderá ser atendido por metrô subterrâneo convencional.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Não é que o monotrilho seja um meio de transporte ruim, é que o Metrô foi(e ainda é) incompetente para administrar e operar o monotrilho(sabe-se lá o porque disso), pelo menos isso foi apresentado nos últimos dois anos na linha Prata com inúmeras falhas, velocidade reduzidas e a pior de todas o estouro do pneu que deixou o monotrilho parado por mais de 3 meses.

  • Pior secretário de toda a história, da pra ver que tá com um medo desgraçado em relação a Linha 18, esse safado deve estar ganhando por trás pra ficar defendendo aquela porcaria de BRT.

    Tomara que ainda descubram a sujeira envolvida nessa troca, e que esse tal de Baldy se ferre lindamente, sujeitinho nojento e mentiroso.

  • ta certo, até o momento o estado não domina essa tecnologia, duas linhas ta bom , no maximo 3.
    vai ficar socando monotrilho pra tudo que é lado não.

Publicidade

Anúncios