Trens Urbanos

Operadora de trem japonesa estuda aumentar tarifa no pico para evitar aglomeração

A operadora japonesa East Japan Railway (JR East) avalia aplicar tarifas mais caras durante as horas de rush, para desestimular o meio de transporte nos horários de maiores movimentos, disse o presidente Yuji Fukasawa, em uma coletiva de imprensa nesta semana.

Os aumentos seriam dinâmicos e acompanhariam a lotação dos trens, como forma da empresa aumentar sua receita. “Os efeitos do vírus serão prolongados e podem se tornar fixos”, disse Fukasawa. “Esperamos escalonar os horários de pico nos trens ao ter um sistema de tarifas mais flexível”.

A pratica não é uma novidade, e a tarifa dinâmica já é utilizada em outros sistemas, como por exemplo no Metrô de Santiago, no Chile.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios