CPTM

Baldy fala em levar a Linha 13-Jade para a estação Palmeiras-Barra Funda

Durante uma entrevista para a Revista Ferroviária nesta quinta-feira, 23 de julho de 2020, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que há planos de levar a Linha 13-Jade para a estação Palmeiras-Barra Funda. A chegada do atendimento à estação seria por meio de recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

Atualmente, apenas um atendimento da Linha 13, o Expresso Aeroporto, vai até a Luz, e um serviço parador nos horário de pico, até o Brás. A linha regular, parte do Aeroporto de Guarulhos até Engenheiro Goulart. No entendimento de Baldy, a chegada até a Barra Funda atrairia mais usuários para a ferrovia, que transporta em média 15 mil passageiros por dia.

Já na outra ponta, a linha 13 é projetada para chegar até São João ou Bonsucesso, mas segundo o titular da pasta, as obras não devem começar na atual gestão.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ao invés de especulações equivocadas e politicagem barata, o secretário devia focar em realizar medidas racionais, como levar a linha até os outros 2 terminais do aeroporto, e assim concretizar a premissa para a qual a linha fora concebida.

    • A Linha 13 nunca foi desenvolvida sob a premissa de atender aos três terminais do aeroporto mas sim de atender aos bairros São João, Bonsucesso e Pimentas em Guarulhos (projetos prontos e que precisam de R$ 1,6 bilhão para saírem do papel).

      Além do terreno do aeroporto ser federal (e o governo federal ter proibido a CPTM de operar em seus terrenos), a Linha 13 já está construída com um projeto geométrico que impede a mudança de traçado para dentro do aeroporto. Só derrubando a estação aeroporto atual e uns 2 km de vias para se alterar o projeto.

      • E tudo bem, então? Deixamos esse partido corrupto e ridículo escapar com sua má-fé, omissão e incompetência?
        Não me surpreende que uma atitude conformista dessa venha de um puxa saco do PSDB como você.

      • Acho que o Governo Federal nunca proibiu, no Governo Dilma o Governador de São Paulo projetou a ida da linha 13 jade até os Terminais, com a Privatização do GRU ficou impossibilizada pela Empresa ganhadora que se comprometeu fazer a ligação, como não fez o Ministro Freitas da Infraestrutura fez um acordo para que a Empresa fizesse o People móvel, porém continua lenta.Acho que o Secretário de São Paulo deveria se preocupar em Levar a Linha até Bom Sucesso de acordo com o Projeto original.

    • Para tentar reverter o fracasso da baixíssima demanda da Linha 13-Jade (15%) a gestão Doria optou por adaptar a Linha 13-Jade para utilizar as vias das linhas 12-Safira e 11-Coral. Mas Baldy revelou que o plano poderia incluir até mesmo Barra Funda. Segundo ele, um financiamento de quase R$ 380 milhões que estava parado no BNDES seria usado para “melhorar as condições da Linha 13…para que pudéssemos ofertar mais horários, mais modelos de viagens, sobretudo conseguir de forma muito exponencial chegar às estações que ligam com outras linhas do Metrô e da CPTM“.
      Ao mesmo tempo, o executivo afirmou que o plano de estender o ramal até a região de Bonsucesso, onde seria também construído um pátio de manutenção “não está no escopo da gestão Doria“. Ou seja, assim como aconteceu com a Linha 18-Bronze entre outras, novamente o planejamento técnico está sendo desprezado para serem tomadas medidas adaptadas sem fundamentos plausíveis, visto que a Linha 13 não previa em seu projeto original seguir até o centro. Embora seja uma alternativa viável até Brás diante dos altos intervalos da Linha 12, levar o ramal até Barra Funda significaria contrariar as leis da Física com a impossibilidade de se disputar espaço ao mesmo tempo com as linhas 11 e 7 sem uma construção e reforma de novas estações no trecho entre as estações Tamanduateí e Lapa é o que possui a maior capacidade de se eliminar e redistribuir as múltiplas baldeações desnecessárias e desconfortáveis, e preparar para os futuros 4 Trens intercidades que hoje não existe, se é que um dia eles irão voltar!

  • Provavelmente o pior secretário de transportes que o estado de São Paulo já teve. Esse cara especula muita coisa, mas planos concretos de futuras linhas e melhorias das já existentes que é bom nada. Que em 2022 o pessoal de São Paulo vote em alguém que possa colocar um secretário que esteja afim de trabalhar, que possa trazer planos, metas e expectativas para o transporte público do estado. Porque do atual secretário não podemos esperar nada, só cancelamentos e mais cancelamentos.

  • Esse secretário é uma piada, o governo do estado não consegue à 20 anos levar a Linha 11, quem dirá a Linha 13. Dória/Baldy é a dupla das soluções paliativas. Pior gestão em décadas.

Publicidade

Anúncios