Foto: Samuel Rocha
SPTrans

São Paulo terá apenas 40% da capacidade nos ônibus se usar toda a frota

A prefeitura de São Paulo incrementou a frota de ônibus nesta terça-feira, 09 de Junho de 2020. A quantidade agora está em 10.000 ônibus, o que equivale a 80% dos ônibus disponíveis, e nesta quarta, o número vai subir para 11.800, o que equivale a 90% da frota.

As informações são do jornal SP1, da TV Globo, que informou que se toda a frota da cidade for usada apenas com passageiros sentados, a capacidade deve cair para 40%. Os dados são do sindicato que representa as empresas.

A discussão tomou forma quando o secretário de Mobilidade e Transportes, Edson Caram prometeu que nenhum ônibus trafegaria com passageiros em pé. A promessa foi na semana passada, e no começo dessa semana houve um recuo e pedidos de desculpas, o que não convenceu o prefeito Bruno Covas, que publicamente disse que se até sexta-feira a cidade ter ônibus com passageiros em pé, na segunda São Paulo terá um novo titular na pasta dos transportes.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Mas o que não pode acontecer e empresas como a Express ter linhas com intervalos de 40 minutos como esta acontecendo com a linha 4007 Cidade Jucelino x Terminal Carrão, a Express esta voltando no tempo quando era a antiga Himalaia entre outros nomes que teve durante outros governos e que prestava um serviço terrível, cade a Sptrans que não fiscaliza e regularize este absurdo, lembram quando o Doria falou que intervalos acima de 15 minutos eram inadmissíveis, com a palavra o secretario que em vez de impor regras faz sugestões.

Publicidade

Anúncios