Uso do transporte em plena pandemia | Foto: Perfil SP Sobre Trilhos no twitter (@spsobretrilhos)
Metrô SP

Metrô de São Paulo poderá medir temperatura dos passageiros nas catracas

Durante uma transmissão ao vivo no facebook do Metrô de São Paulo, o presidente da companhia, Silvani Alves Pereira disse que a operadora poderá medir a temperatura dos passageiros nos acessos às estações. As medições seriam feitas nos bloqueios (catracas).

Uma empresa já teria sido contratada para estudar a viabilidade. A malha metroviária transporta em média, 4 milhões de passageiros por dia, em tempos sem pandemia.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Interessante, mas se funcionar como eu vi nos aeroportos, não vai adiantar de nada.
    Nos aeroportos, se a pessoa está com a temperatura alta, ela é orientada a procurar um médico, e pode ser atendida pelo médico do próprio aeroporto. No entanto, se ela bater o pé, não é impedida de embarcar.

Publicidade

Anúncios