Trens Regionais Trens Urbanos

Alstom vai desenvolver trens de hidrogênio na Itália

A produtora de trens Alstom e Snam, uma empresa italiana de infraestrutura de energia, firmaram parceria para introduzir composições de hidrogênio na Itália. A fabricante de comboios assinou um contrato de cinco anos com a empresa de infraestrutura para o projeto.

Há estudos nas localidades para medir a viabilidade de introdução desse tipo de transporte. A Alstom fabricará e manterá trens de hidrogênio recém-construídos ou convertidos, enquanto a Snam desenvolverá a infraestrutura necessária para a produção, transporte e reabastecimento do combustível.

A empresa francesa lançou o Coradia iLint em setembro de 2018, o primeiro trem de passageiros movido a hidrogênio do mundo. Já a Snam é uma das primeiras empresas do mundo a experimentar uma injeção de 10% de hidrogênio na rede de transporte a gás natural.

“Acreditamos no hidrogênio”, diz Michele Viale, diretor da Alstom Itália e Suíça. “Essa é a razão pela qual assinamos uma parceria com a Snam. Esperamos que os trens de hidrogênio Coradia iLint também se tornem realidade na Itália em breve. Graças a um parceiro como Snam, poderemos responder ao mercado, oferecendo uma solução completa.” – afirma.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios