Mobilidade Urbana

Prefeitura de SP estuda volta do rodízio de veículos, com mais vias e horários

Após tentar aumentar o distanciamento social por meio de bloqueio de vias, o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, diz que estuda a volta do rodízio municipal de veiculos, com restrição em toda a cidade.

A afirmação foi durante uma entrevista do prefeito à GloboNews. “Infelizmente, pessoas não entenderam o recado, o bloqueio não surtiu efeito. Já estamos estudando outras medidas e queremos ver se até sexta apresentamos outras ações a partir de segunda-feira da semana que vem”, disse o prefeito.

Segundo o prefeito,  existe a possibilidade de restringir a circulação de carros em toda a cidade ou durante o dia todo, e não somente nos horários de pico. A decisão deve ser anunciada na sexta-feira, 8 de maio.

Lockdown considerado

O prefeito Bruno Covas, em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 06 de Maio de 2020, disse que a adoção de lockdown na cidade de São Paulo está em entre uma das opções estudadas no combate ao novo coronavírus. Covas, no entanto, afirmou que a medida seria uma das últimas alternativas, seguindo as orientações da Secretaria de Saúde.

“A prefeitura tem várias opções e a intenção não é impedir as atividades ainda mais. Os bloqueios não deram certo. Novas medidas devem ser anunciadas e o isolamento é um pedido da equipe. O lockdown também está entre estas opções” – diz o prefeito. Alguns estados Brasileiros já decretaram a medida.

Os bloqueios em vias não deram certo e o prefeito responsabilizou o fracasso as pessoas que não precisavam sair de casa. A medida foi suspensa nesta quarta.

Isolamento social em baixa

A taxa de isolamento social ficou em 47% no Estado de São Paulo nesta terça-feira, 05 de Maio de 2020, segundo o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP), que analisa dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e aponta a eficácia da quarentena no estado. Na cidade, o índice ficou em 48%

Especialistas de saúde e pandemia dizem que a taxa ideia seria em 70%, com 50% sendo o mínimo aceitado.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Burro!!
    Agora então quem precisa mesmo sair de casa no dia do rodízio, tem que utilizar onibus é isso?
    Aumentando a concentração de pessoas por metro².

Publicidade

Anúncios