Monotrilho

Consórcio Signalling recorre novamente à justiça sobre fornecimento de monotrilhos da Linha 17

O consórcio Signalling, que foi desclassificado no processo de aquisição de 14 trens do monotrilho da Linha 17-Ouro, entrou com um agravo de instrumento na 2ª instância da justiça. As informações são do site Metrô/CPTM.

O grupo já havia recorrido ao poder judiciário sobre o resultado apresentado, onde a chinesa BYD foi declarada vencedora da licitação.

O edital foi lançado pelo Metrô em julho do ano passado, e o Signalling fez uma proposta de R$ 982 milhões, quase R$ 7 milhões mais barata que o valor pedido pela BYD SkyRail. Mas o Metrô diz que o consórcio não comprovou experiência nessa tecnologia e não tinha patrimônio líquido suficiente para sua oferta. O fabricante, por sua vez, diz que  a escolha foi tendenciosa e feita sem isonomia.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios