Foto: Diário dos Trilhos
Mobilidade Urbana

Coronavírus: Governo de SP não descarta lockdown se situação se agravar

Representantes do Governo Estadual avaliam que as restrições de mobilidade impostas pelo governo de São Paulo tem sido eficazes no combate ao novo Coronavírus.

Durante entrevista nesta quinta-feira, 26 de março de 2020, o secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann, disse que as medidas “estão colaborando de uma forma bastante efetiva.”

Germann, no entanto, não descarta medidas mais duras, como o isolamento obrigatório, inclusive com uso de força policial.

“O que estamos fazendo não é um isolamento, o que nós estamos fazendo é um distanciamento social. O próximo passo, se houver necessidade, seria o isolamento domiciliar ou social. Ou, se houver necessidade de apertar mais ainda o cinto, aí seria o lockdown, com a característica de uso da força policial para manter as pessoas em casa. Não estamos nesta situação ainda”, disse José Henrique Germann.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

Policiamento para orientar idosos

O Governo Estadual ainda avalia o uso policiais militares e guardas civis para abordar idosos e convencê-los a voltar para casa.

O Estado de São Paulo teve até esta quarta-feira, 25 de março, 48 mortes por coronavírus e 862 casos confirmados.
As mortes no estado aumentaram 20% de terça para quarta-feira. Dentre os oito novos óbitos confirmados, há seis homens (75, 82, 72, 98, 80 e 70 anos) e duas mulheres (de 87 e 52 anos).

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios